4 de agosto de 2014

                   Sobre o autor:

Fabiano Alves Pereira nasceu em 1984, na cidade de Taiobeiras / MG.

É o segundo filho do senhor Sebastião Xavier Pereira e da senhora Nailde Alves Pereira.

Seus outros irmãos são: Adriano Alves Pereira (1983) e Lourena Alves Pereira (1990).

Iniciou sua vida estudantil em 1991, quando fez o pré-escolar na Escola Estadual Bom Jardim - hoje Escola Estadual Dona Beti -.

Cursou o ensino fundamental na Escola Estadual Doutor José Americano Mendes, exceto o 6º ano, realizado na Escola Estadual Oswaldo Lucas Mendes, onde cursou também os dois primeiros anos do ensino médio.

Concluiu em 2002, o terceiro ano no Centro Educacional Beliza Corrêa.

Em 2007, graduou-se História (Licenciatura Plena) pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES).
Em 2012, concluiu os cursos de Pós-graduação (latu sensu) em Docência do Ensino Superior, Arte em Educação e História e Cultura Afro-brasileira, pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINON).

Professor, palestrante, poeta, escritor, ator, músico e compositor, ministra atualmente as disciplinas História, Artes e Iniciação Musical, na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, em Taiobeiras / MG, além de ser regente do Coral Cantarte e maestro da Orquestra Filarmônica Presidente Tancredo Neves.

É autor de diversos textos publicados na internet, em especial nos blogs www.eeptancredoneves.blogspot.com, www.fabianoalveson-line.blogspot.com e em sua página do Facebook https://www.facebook.com/fabiano.alvespereira2 e de cursos on-line disponíveis para matrícula no link

Em 2014, tornou-se membro fundador da Academia Taiobeirense de Letras e Artes (ATLAS), ocupando a cadeira de número 5.


    Como se chama o livro?

  Um Convite à Reflexão

















       Qual é o assunto abordado?

Temas diversificados sempre levando o leitor à reflexão.  Abordo educação ambiental, sistema educacional brasileiro, o uso da arte (em especial a música) como ferramenta pedagógica, sexualidade, artigos científicos, poesias e um conto com o título Vidas Transformadas.

Como surgiu a ideia do livro?

Talvez devido a minha formação acadêmica, tornei-me uma pessoa reflexiva e com o hábito de registrar. Procuro sempre meditar nas leituras que faço ou nas informações que tenho acesso por outros meios como a internet e TV. Assim, é comum que eu emita minha posição em relação a diversos assuntos de interesse geral como as questões ambientais, as drogas, a música e a Educação. Ando sempre com a câmera fotográfica, fico atendo aos acontecimentos em minha cidade, em especial no meu ambiente de trabalho e faço postagens frequentes nos blogs www.eeptancredoneves.blogspot.com e www.fabianoalveson-line.blogspot.com.  No entanto, visto que não vivemos a plena democratização da internet, vi a necessidade de disponibilizar um pouco do que já escrevi em formato impresso afim de atingir um número maior de pessoas com ideias que acredito ser de proveito para pessoas de formações de idades diversificadas.

       Quando será o lançamento e onde?

Estou pretendendo para a segunda semana do mês de agosto na auditório da Câmara Municipal de Taiobeirs. Aguardo a resposta da Editora quanto a se será possível enviar-me todo o material em tempo hábil. Assim que estiver tudo confirmado, postarei no face o convite com local, data e horário exatos.


  Agradecimentos


Academia Taiobeirense de Letras e Artes (ATLAS), Anna Júlia Gonçalves, Coral Cantarte, Cleunice Silva Lemos, Emilly dos Santos Teixeira, Felipe Cortez, Gabrielly Malaquias Rocha, Grupo Expressart, Levon do Nascimento, Orquestra Filarmônica Presidente Tancredo Neves, Ronimárcio Guimarães Cruz, Xerox Center e a todos os amigos e familiares que de forma direta ou indireta contribuíram para a publicação da obra.

12 de março de 2014

Saúde publica no Brasil

A real situação da saúde pública no Brasil pode ser considerada caótica, o modo como somos tratados no sistema é lamentável, e o modo como o próprio sistema é tratado pelo governo é imperdoável, as super lotações em corredores, a falta de remédios grátis, o descaso em geral.

Temos direitos garantidos de saúde de qualidade pela constituição, mas infelizmente essa mesma não é cumprida pelos nossos governantes, afetando diretamente nossas vidas e o aumento privativos na área, que também não tem muita diferença da qualidade estatal.


E as pessoas conhecedoras e conscientes dos seus direitos buscam mais hospitais particulares enquanto os pobres se vêem desprovidos de reivindicar por um atendimento mais humanitário, digno e justo. Enquanto os tão "queridos" políticos se sentem a vontade para a normalidade da corrupção.

(GoogleIMG)

A elevação da saúde pública depende do governo, tanto estadual e federal,  e da população em geral para uma gestão politica de melhor repartição no dinheiro publico e maior investimento na saúde no país.


- Rhansley S.

9 de março de 2014

"Sexagenarius" : o novo livro de Levon Nascimento

Entrevista com Levon Nascimento  

Levon Nascimento, o escritor



Professor de história, sociólogo e escritor. Graduado em Ciências Sociais pela Unimontes e pós-graduado em História Social pela Funorte. Autor, também, dos livros “Palavras da caminhada” (2006), “Blogosfera dos Gerais” (2009) e “Memorial da Juventude de Taiobeiras” (2010).









"Sexagenarius: reflexões pelos 60 anos de Taiobeiras" tem 120 páginas, miolo em papel pólen soft, capa em cartão supremo, com laminação fosca e UV localizado, com arte de Elisiana Alves e prefácio de Marileide Alves Pinheiro. Impresso pela Editora O Lutador, de Belo Horizonte, a editoração e o projeto gráfico é de Andréa Maria Esteves (Belo Horizonte). Será comercializado por R$ 25,00 (vinte e cinco reais) o exemplar.

P: Quando será o lançamento do livro?

R: “Sexagenarius: reflexões pelos 60 anos de Taiobeiras” será lançado oficialmente numa sexta-feira, dia 4 de abril de 2014, a partir das 19 horas, na Câmara Municipal de Taiobeiras. A entrada é franca e todos serão bem-vindos.





P: Sobre o que o livro diz?


R: “Sexagenarius” é uma coletânea de textos selecionados, os quais escrevi entre 2010 e 2013, tratando sobre a história, a cultura, a política, os valores, os potenciais do município de Taiobeiras e o constante anseio de paz pelo nosso povo. Algumas dessas crônicas são ditadas pelo método crítico, outras por um esforço de refletir e repensar Taiobeiras para o futuro, sempre na ótica de que é preciso crescer e se desenvolver, mas sem deixar de incluir e melhorar a vida da maioria da população, construindo a cidadania e a paz. Enfim, é uma declaração de amor a Taiobeiras, sem abandonar o caráter crítico e realista.

P: O que te inspirou para fazer o livro sobre os 60 anos de Taiobeiras?

R: A data redonda dos 60 anos de criação do município, comemorada em 12 de dezembro de 2013, sem dúvida, serviu de inspiração. Inclusive, eu queria ter publicado o livro no dia do aniversário da cidade. Mas tive problemas operacionais. No entanto, está valendo. Pelo menos, até o dia 12 de dezembro de 2014, ainda estaremos celebrando o 60º ano de Taiobeiras enquanto cidade. Mas, a inspiração maior sempre foi o anseio de construir um município mais justo e igualitário para o povo. Muitos dos textos do livro tratam da questão da violência e da luta pela paz em Taiobeiras. Creio que este é o fio condutor de toda a obra que se tornou o livro “Sexagenarius”.

P: Como em qualquer ramo cultural é difícil encontrar apoiadores para o projeto, em Taiobeiras, como é a situação?


R: Sim. É difícil encontrar apoio cultural. Porém, o pior de tudo, ainda é a falta de costume das pessoas em relação aos hábitos de ler e de debater ideias civilizadamente. No entanto, não me deixo prender por estas dificuldades, senão eu ficaria parado, sem escrever e sem publicar. Eu me esforço para levar este trabalho adiante. Consegui apoios importantes, ainda que para parte do projeto (impressão e divulgação). Os demais custos ainda ficaram comigo, além do maior esforço, que é escrever e me expor ao julgamento dos leitores. Não dá para esperar retorno econômico. O que há é uma grande satisfação pessoal de estar ajudando Taiobeiras a avançar naquilo que é primordial, na consciência coletiva. Agradeço aos apoiadores deste livro, o grupo Arruda Alimentos, na pessoa do diretor-presidente Carlito Pereira da Costa e o Sindicado dos Trabalhadores Rurais de Taiobeiras, através de seu presidente Geraldo Caldeira Barbosa. Eles demonstraram a sensibilidade e a compreensão de que é possível avançar socialmente também através da literatura.


Hoje é poucos os que preocupam com a cultura então me sinto na obrigação de divulgar os apoiadores desse projeto, e parabenizo ambos  :
Geraldo Caldeira, presidente do STR
    
Carlito Pereira, diretor-presidente da Arruda A.

8 de março de 2014

Poetas de Taiobeiras - part.2

Taiobeiras, terra inesgotável de artistas, mais um poema... 

Leia:

Por eu te amar tanto

Por eu te amar tanto Eu morri, mas foi de solidão e tristeza, morri ao te ver feliz ao lado de outra pessoa. Ao ver que você não estaria aqui, do meu lado. Era uma dor na alma, inconsolável dor, dor que só você poderia curar. Mas você me deixou, e não voltou mais, nem para dizer adeus.
Um adeus que poderia satisfazer aquela ferida, ao ver que você estava bem, bem sem mim... bem sem aquilo que a gente viveu. Sem aquele amor que te dei e que não parecia suficiente, não para você.
Pode até ser loucura a minha achar que ainda lembra-se de mim, loucura achar que tudo pode voltar, só porque as lembranças ainda são claras para mim. talvez, loucura ou não... Você não está aqui, e tudo fica voltando em minha mente... mesmo que isso faça me lembrar de você, eu não suportei aquilo.
Então eu morri, por eu te amar tanto... e a minha alma desejou que você fosse feliz. E que algum dia se você lesse isso saberia, que eu te amei até o último segundo... e se fosse possível por toda a eternidade.
Amanda Gonçalves, a poeta.

13 de fevereiro de 2014

Religião x Ciência

"E peço isto que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento" (Felipenses 1:9)
(Reprodução/GoogleIMG)


Há séculos, duas "religiões" debatem sobre a razão que cada uma há de ter. "A teoria do big bang é a correta!", "o Universo está em processo de expansão!", "Você tem que escolher entre Deus ou a ciência!" "Não tem como ser cristão e evolucionista ao mesmo tempo!" São exclamações que se repetem a cada discussão a cerca deste assunto. Afinal, quem está certo? Em quem devemos acreditar? O ser humano é de sabedoria limitada. Seu conhecimento e descobertas são criadas e ampliadas a cada instante mas são leigos ou temem afirmar que: DEUS É A PRÓPRIA CIÊNCIA! A ciência só concorda com a religião quando se é aplicado o argumento que tanto em Gênesis ou no Big Bang foi necessário uma força seja ela divina ou da natureza.
Deus amou o mundo de tal forma que permitiu ao homem (independente de suas crenças religiosas ou ateístas) que o conhecimento lhe viesse à tona. Vemos na história da humanidade exemplos de descobertas gigantescas que ocorreram em um momento simplório da vida de : Mendeleiev, Einstein, Newton e tantos outros.
Haverão coisas que a ciência nunca poderá explicar. E, coisas que a religião terá que se calar perante a ciência. Pelo menos até que os seres humanos abandonem suas limitações mentais medíocres. Somos todos tolos. Religiosos são tolos de acreditar que a vida em Deus se limita em cruzar os braços e aceitar tudo "Minha vida está ruim foi o diabo que fez! Minha vida está boa Deus é maravilhoso!" Quando aprenderemos a ser responsáveis pelos nossos próprios atos? Quando entenderemos que a misericórdia de Deus se renova a cada dia para com a humanidade? A ciência é burra! É tola de acreditar demais em suas teorias, achar que estão acima de tudo. Estamos em fase de descobertas, vão com calma! As pesquisas são feitas, resultados são encontrados e interrogações levantadas que contradizem tudo o que foi descoberto o tempo todo. Nada pode ser provado com absoluta certeza.
Ah! Mas, Einstein era ateu, Shakespeare era ateu, Darwin fez obras e descobertas que provam a não existência de Deus e até foi intitulado:" O HOMEM QUE MATOU DEUS" Como homens assim podem ter sido usados por Deus? Eram todos tolos! Asnos dotados de conhecimentos, inteligência e habilidades mas não buscaram a sabedoria! Não a adquiriram. O que importa para Deus não é o instrumento e sim para quem o instrumento está sendo tocando (e como está sendo tocado). Além do mais, eles não são diferentes de nós. Apenas se dedicaram em conhecer. Qualquer um de nós pode ser como Einstein, os talentos necessários nos foram dados tudo o que nos resta é merecê-los através do nosso esforço e dedicação. E nós religiosos dotados de sabedoria, somos também burros! Não temos senso crítico sobre o que nos acontece, não temos uma mente aberta para entender que a vontade de Deus é feita a todo o tempo, somos ridiculamente tradicionais e presos a uma tradição de outro tempo. Acreditem no que a ciência diz, mas seja crítico! Questione! Não para defender a existência de Deus mas para entender o propósito Dele ao fazer aquilo chegar até você.
Cientistas seus hipócritas! Parem de descobrir a perfeição em tudo, a todo o tempo e se intitularem ateístas da própria Perfeição. Uma vocação foi lhes dada, e a qualquer momento pode-lhes ser retirada. Vocês não nasceram por si só, precisam exercer suas necessidades biológicas como qualquer outro ser humano pois lhe foi imposto que por isso vocês tivessem que passar. Vocês não são imortais, não são deuses, nem senhores do conhecimento. Parem de achar que o ser humano esta no topo da evolução. Passarinhos tem mais sabedoria do que vocês, bobinhos! A todo instante eles louvam a Deus o seu Criador com cânticos, e vocês a si próprios com suas pesquisas. Tontos! Até os passarinhos sabem a Verdade, porque Dela vocês se escondem? Por que são tão inseguros em afirmar a sua submissão e dependência?
"Existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã filosofia. "William Shakespeare nosso grande amigo ateu que por um momento teve que também admitir que só sabe que nada sabe. Mais felizes seriamos nós, se deixássemos este eurocentrismo de lado e tal coisa admitir. "E o enchi do Espírito de Deus, da sabedoria, e de entendimento e de ciência, em todo o lavor". (Êxodo 31:3)




- texto produzido por Francielly C.

11 de novembro de 2013

Poetas de Taiobeiras

Temos pequenos grandes artistas em Taiobeiras, um exemplo disso é a pequena Maria Clara, poetinha da terra...
Leia o poema abaixo:
Quem mora nesta casinha?
"Quem mora nesta casinha?
Tão bonitinha!
Tem uma macieira
Um jardim de flores perfumadas

Quem mora nesta casinha?
Quero morar com você
Todo dia tem presente na janela
Papagaio canta e me encanta!

Quem mora nesta casinha?
Tem uma cachorrinha
Que late sem parar
Sempre a me alegrar!

Quem mora nesta casinha?
Vou dizer quem mora
Eu mesma!
Esperando por você."

Maria Clara Sena e Nascimento, 9.
Outro exemplo (não tão jovem) é o já conhecido Prof. Fabiano Alves, que também estava inspirado...
Reflita:
" Hoje ao amanhecer o dia encontrei-me não
na alegria e sim na tristeza. Irei explicar:
No início eu era linda, já posei muito para
fotos e todos admiravam ao me verem.
Ao começo de cada manhã a sinfonia dos
pássaros encantava a todos e eu não me
preocupava, pois a cada dia que passava eu
me tornava cada vez mais bela.
É, mas a realidade é que os tempos
mudaram. O homem se tornou ruim. Quantas
e quantas vezes até mesmo fogo puseram
em mim!
Sou hoje feia, suja, contaminada...
Mas espera, eu ainda não morri. Mesmo
difícil minha situação poderá reverter e eu
voltarei a ser bela outra vez.
Isso irá depender em grande parte de você.
Me ajude!
Ih, é mesmo, eu já ia me esquecendo de
apresentar. Sabe quem sou?
Sou a Natureza, devastada e poluída. Até
amanhã, quer dizer, se amanhã eu ainda
existir! ”

17 de setembro de 2013

Imagine...

Imagine que o mundo seja um livro de colorir e desenhar e as suas decisões será as cores que você irá pintar esse "livro" ... cada lápis uma nova pespectiva e cada pespectiva um novo sentimento ... e ter a consiência que você nem sempre terá a borracha para apagar o que ficou "torto" ... mas nunca perder a esperança que poderá ser melhor. Até porque nem sempre podemos começar tudo novamente e ter um novo começo, mas podemos continuar de onde paramos e ter um novo fim. Até porque imaginar não custa nada...

- Rhansley S.

22 de abril de 2013

Jogos Estudantis 2013

Começou nesta Segunda-Feira (22/4) o JET (Jogos estudantil de Taiobeiras) aproximadamente 800 atletas estaram participando, durante uma semena de competição sendo 12 modalidades esportivas (futsal, handebol, vôlei de areia, vôlei de quadra, xadrez, atletismo, redação, capoeira, natação, salto à distância, corrida, bicicross, peteca e queimada) também redação, e judô como novidade desse ano.
JET 2012 - (Foto: Site da PM  de Taiobeiras)

Os locais de disputa são :  Praça de Esportes, Ginásio Poliesportivo Aldemir, Centro Educacional Beliza Corrêa e Escola Estadual Oswaldo Lucas Mendes.

11 escolas entre elas públicas e particulares estão na competição.

16 de outubro de 2012

Taiobeiras bem representada!

O Taiobeirense Brayan Ferraz, 16 anos participou do Campeonato Latino-Americano de Bicicross e classificou em 3º Lugar na sua categoria.




Todos os atletas federados no Brasil poderia participar do Campeonato Sul-Americano e Latino-Americano de Bicicross que foi realizado entre os dias 13 e 14 de outubro, na cidade de Santiago de Chile, no Chile.

A competição foi disputada em dois dias, e cada evento somou pontos para a categoria 5 da União Ciclística Internacional (UCI).